Mundo

Teste com hidroxicloroquina na Itália dá resultado positivo

Não tome o medicamento de qualquer jeito"

Ansa Brasil

No entanto, especialistas alertam para que sociedade “não corra para comprar e/ou não tome o medicamento de qualquer jeito”

O imunologista italiano Roberto Burioni anunciou nesta segunda-feira (30) que testes em laboratório com um antigo remédio usado contra a malária apresentaram resultados positivos na prevenção contra o novo coronavírus (Sars-CoV-2).

De acordo com um texto publicado no site Medical Facts, o experimento foi conduzido no Hospital San Raffaele, em Milão, com o Plaquenil, nome comercial de um medicamento à base de hidroxicloroquina.

No artigo, Burioni explica que, em 2005, pesquisadores americanos descobriram que o Plaquenil produzia uma “forte atividade antiviral” contra o coronavírus responsável pela síndrome respiratória aguda grave (Sars), bastante semelhante ao Sars-CoV-2.

“Naturalmente, quando surgiu esse novo vírus, primo daquele da Sars, muitos pensaram em usar o Plaquenil para curar a infecção.

eficácia desta terapia ainda não está clara, bem como os mecanismos por meio dos quais o Plaquenil afeta a replicação viral. Como fazer testes em humanos é mais complicado, muitos pesquisadores pensaram em estudar o efeito do Plaquenil sobre o novo coronavírus em laboratório, inclusive nós”, disse o imunologista.

No estudo, a equipe do Hospital San Raffaele fez o vírus se replicar em laboratório e administrou o remédio em três situações: depois da infecção das células; antes do contágio; e antes e depois da ação do vírus. Segundo Burioni, o resultado positivo apareceu na terceira hipótese.

“É um dado muito interessante. Para bloquear o vírus, é preciso usar o Plaquenil antes e depois da infecção. […] Os dados que obtivemos sugerem que um experimento clínico deve ser feito administrando o fármaco não apenas quando o paciente já está mal, mas sim antes da infecção em indivíduos de maior risco”, diz Burioni.

Em alguns países, como o Brasil, por exemplo, a cloroquina e a hidroxicloroquina têm sido testadas em pacientes em estado grave. Burioni, no entanto, encerra o texto fazendo um alerta: “Não corram para comprar o Plaquenil e não o tomem de qualquer jeito. Se, por um lado, a eficácia ainda não é certa, os efeitos colaterais do remédio são possíveis”, disse.

Mostrar mais

Edson Amaral

O Site Revelando São Carlos prima pela qualidade de suas informações, pois considera importante qualificar as discussões nas suas áreas de maior abrangência, como política, economia, educação, assuntos de relevância social, etc, a fim de prestar o melhor serviço a nossos leitores.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios